Grande Loja Maçônica do Estado do RS

29/09/2017

VIGILANTE ONLINE

Palavra do Grão-Mestre - Retomada da Esperança

Nada pode ser pior do que a perda da esperança. Crises, dificuldades, obstáculos, geralmente nos fazem perder o rumo, nos tiram as perspectivas e a fé no futuro. Foi o que aconteceu nos últimos anos, período em que o nosso País viveu uma das piores crises econômicas de sua História. Ainda não dá para dizer que está tudo resolvido e é só trabalhar que a roda girará automaticamente. Mas é certo que já demos passos importantes e os resultados, mesmo que tímidos, começam a aparecer.
Estamos num momento de retomada da crença de que podemos ter um futuro melhor, que vale a pena acreditar e lutar e que o sacrifício não foi em vão. Mesmo aqueles que sofreram a perversidade dessa difícil fase, como os trabalhadores desempregados e os empreendedores que viram seus negócios desmoronar.
Nessas horas devemos fazer valer os nossos princípios e valores maçônicos, enfrentando os problemas de frente, com racionalidade e sabedoria, e alicerçados na prudência que os desafios sempre exigem. Obviamente que ninguém, em sã consciência, quer viver num lugar tumultuado e cheio de dificuldades. Mas vamos pensar que se atravessamos períodos críticos e conseguimos sair deles, como estamos saindo dessa crise, temos um belo aprendizado. Tudo isso nos trouxe mais experiência e nos deixou mais preparados para os tempos que virão. Afinal, mar calmo nunca fez bom marinheiro. 
Tendo o pior da tempestade passado é hora de colocarmos a nossa força e a nossa energia no viés positivo e de retomarmos a fé e a esperança para a construção de futuro melhor. Todos os maçons têm as condições e o dever moral, ético e cívico de dar a sua contribuição. Mais do que nunca vamos trabalhar com afinco e dedicação por um mundo melhor.

 

Paulo Roberto Pithan Flores
Grão-Mestre da Grande Loja Maçônica do Estado do Rio Grande do Sul

 








inove4web