Grande Loja Maçônica do Estado do RS

21/11/2012

Shriners e a integração da maçonaria brasileira.

Shriners e a integração da maçonaria brasileira.

Muito se tem falado em integração das três potências maçônicas (Grandes Lojas, Grande Oriente do Brasil e Grande Oriente Independente) e pouco se tem feito em prol deste desiderato, exceto em alguns Estados brasileiros onde os Grão-Mestres trabalham verdadeiramente como fraternos irmãos. As rusgas, desentendimento, onipotência e prepotência, na maior parte das vezes, suplantam os verdadeiros ensinamentos maçônicos, engessando o relacionamento entre estes irmãos.

Antes, porém, cabe um pouco de história. Em 1870 um grupo de maçons se reunia com frequência para refeições na casa de campo Knickerbocker, na Sexta Avenida, em Nova York. Em uma mesa especial, no segundo andar, um grupo tido por particularmente divertido reunia-se regularmente para o ágape. Entre estes Walter M. Fleming, MD e William J. "Billy" Florence, um ator. O grupo frequentemente falava sobre começar uma nova fraternidade de maçons - centrado na diversão e na comunhão, mas também com um ritual. Fleming e Florence levaram essa ideia a sério o suficiente para fazer algo sobre isso.

Billy Florence havia participado de uma turnê na França e tinha sido convidado para uma festa dada por um diplomata árabe. O estilo exótico, os sabores e a música da festa de temática árabe o inspirou a sugerir este como um tema para a nova fraternidade. Walter Fleming, um maçom dedicado, construiu sobre as ideias de Florence, o ritual, o emblema, e os paramentos. Formulou uma saudação e declarou que os membros usariam o fez vermelho.

A primeira reunião dos Shriners nos Estados Unidos foi realizada em 26 de setembro de 1872. Fleming foi o primeiro Soberano (Imperial Potentate)

Esta entidade paramaçônica, amplamente difundida em território norte-americano, tem um trabalho de destaque na área da saúde, mantendo 22 hospitais especializados em saúde infantil nos Estados Unidos, Canadá e México, contribuindo, assim, para minimizar os problemas de muitas pessoas.

Desde 21 de novembro de 2.009, com a criação dos clubes Shriners do Rio Grande do Sul, Mato Grosso, São Paulo, Santa Catarina e Paraná, hoje ampliado para muitos outros Estados brasileiros, existe este trabalho conjunto que vem integrando os irmãos destas potências. Citamos o caso de Mato Grosso que tinha somente um tratado interno de intervisitação entre Grande Loja, Grande Oriente do Brasil e o GOE - Grande Oriente Independente, daquele Estado que a época não tinha tratado com a CMI, enquanto que os outros Estados já eram reconhecidos pela CMI. Mesmo assim os 5 (cinco) Estados buscaram praticar a filosofia dos fundadores do Shrine Internacional de se divertirem e dar amparo às crianças necessitadas de tratamentos médicos específicos.

Por um incidente de interpretação de normas, nos dias 19 e 20 de Abril de 2012, em Porto Alegre/RS abriu-se um litígio que se transformou numa frutífera discussão interna sobre a regularidade dos membros iniciados, oriundos da COMAB, de Potencias já filiadas a CMI, e logo depois em 29 e 30 de Maio de 2012 em Cuiabá, Mato Grosso, os Nobres do Shriners Brasil Central, não aceitaram fazer a iniciação de 48 novos membros, por não reconherem a iniciação dos 16 iniciandos da COMAB local, já autorizados em 07 de janeiro pela cúpula do Almas, em Washington, DC.

Daí, os Shriners dos Estados envolvidos travaram uma grande articulação internacional, instaurando um processo de reconhecimento dos 3 Grandes Orientes Independentes, ligados à COMAB, junto a Grande Loja do Distrito de Colúmbia, jurisdição de Washington, DC, que recebeu os documentos destas Potências dos Estados do Rio Grande do Sul, Mato Grosso e São Paulo.

Coube a batuta à profícua maestria do Nobre irmão Ricardo Rodriguez Kroger, Potentado do Almas Shriners, que trabalhou arduamente na busca de um resultado que atendesse os anseios dos irmãos ligados a COMAB. Portanto, coube ao nosso Potentato 2012 e ao Nobre Potentado 2011 o Ir.: Alan Gordon a responsabilidade pela articulação principal, este último advogando em prol do reconhecimento e integração destes irmãos perante o Conselho daquela Grande Loja americana.

Passaram-se 7 meses de angustia e articulações, até que no dia 17 (sábado) de Novembro de 2.012 estes três Grandes Orientes Independentes foram reconhecidos pela Grande Loja do Distrito de Colúmbia.

Assim, o Shriners brasileiros, em conjunto com a administração do Almas Shriners Internacional deram um passo importantíssimo na história recente da maçonaria reconhecendo como regulares as três potências e permitindo desta forma que tais irmãos possam livremente participar desta organização internacional.

Cabe ressaltar que os clubes Shriners brasileiros estão diretamente vinculados à base territorial da Grande Loja e presta contas ao seu Grão-Mestre e de forma administrativa ao Almas Shriners Internacional, que é vinculado a Grande Loja Maçônica do Distrito da Columbia, em Washington, DC.

Desta forma, temos a resposta clara dos Nobres irmãos da jurisdição de Washington, DC que a maçonaria se faz de ideias e soluções voltadas à felicidade dos povos, à liberdade de pensamento, de fraternidade e de união.

Em decorrência destes fatos, propomos que o dia 17 de Novembro seja para nós brasileiros tido como o dia NACIONAL DA INTEGRAÇÃO MAÇÔNICA, sendo criada uma medalha comemorativa, em nível nacional, para outorga a todas as pessoas que contribuem para este objetivo, começando pelas pessoas envolvidas neste episódio.

Proponho, também, que o dia 21 de Novembro seja para nós brasileiros tido como o DIA NACIONAL DA FRATERNIDADE SHRINERS, da em que ocorreu a primeira iniciação em solo pátrio, sendo criada uma medalha comemorativa, em nível nacional, para outorga a todas as pessoas que contribuíram para a implantação e de alguma forma ajudaram os clubes.

A todos um viva a integração e aos Nobres que de uma maneira direta ou indireta contribuíram para este maravilhoso resultado.


Brasil Shrine Clube - RS
Gilmar Silveira Batista
Presidente 2011/2012 Shrine Brasil Central - MT
Genilto Adenaldo Nogueira
Presidente 2009 a 2011 e 2013
Embaixador do Almas Shriner - MT 2012




integração da maçonaria brasileira






inove4web